Série de poemas dedicados a Pablo Picasso em sua fase azul. 1/3, Por Gustavo Rosal

soneto branco da tristeza em Barcelona. acontece que carecia na discreta elegância a peça definitiva que à elegância nunca fere vê-se o veludo leve amortiza a velada agonia cingida feminina e o horizonte entristecia Barcelona não é infinda e menos a tristeza do horizonte o inverno a limita não há tristeza infinita todavia é tanta […]

Leia Mais

Nasce o Homem-Aranha (Spiderman), por Carvalho Filho

Certamente a aranha é uma das criaturas mais interessantes dentre aquelas que temos conhecimento, possuidora de habilidades que instigam a imaginação humana, além de um poderoso instinto de sobrevivência. Há um número impressionante de aranhas, existindo uma diversidade incrível delas. Algumas mais parecem brinquedos, de tão delicadas que aparentam ser, enquanto outras parecem monstros saídos […]

Leia Mais